3 técnicas para colorir com lápis de cor

Os lápis de cor são importantes ferramentas para a realização de trabalhos artísticos. Com eles é possível criar diversas variedades de desenhos e obras interessantes. Contudo, para colorir com lápis de cor é preciso ter técnica e cuidado.

Afinal, traços muito fortes podem riscar o papel, deixar marcas destoantes e prejudicar o resultado final da obra.

Pensando nisso, nós trazemos no artigo de hoje três técnicas para colorir com lápis de cor para você ampliar seus conhecimentos e realizar trabalhos artísticos ainda mais profissionais e satisfatórios.

Dicas para colorir com lápis de cor

Apesar de ser um material muito utilizado por crianças nas escolas, o lápis de cor também é fundamental no universo das artes, pois ele representa uma alternativa mais rápida e prática de colorir os desenhos do que as tradicionais tintas.

Quer descobrir novas maneiras de utilizar os lápis coloridos para dar vida aos seus trabalhos artísticos? Confira três técnicas que separamos para você colorir com lápis de cor e melhorar a qualidade de seus desenhos.

Sombreamento e textura

Para conseguir o efeito sombreado no desenho, a dica é utilizar a ponta do lápis lateralmente e sempre bem afiada. Com essa técnica é possível cobrir áreas maiores, além de obter um efeito de sombra com pigmentação mais intensa de um lado da ponta e mais fraca de outro.

Já a textura pode ser adicionada ao desenho através de pequenos movimentos circulares. Ao traçar pequenos círculos sobre o papel, é possível criar um efeito tridimensional e de textura em roupas, árvores, animais, céu e rostos.

Para escurecer a região, basta desenhar mais círculos de maneira sobreposta. Já para clarear, o indicado é desenhar círculos um pouco maiores e mais afastados. Antes de aplicar a técnica na obra você pode treinar em um papel rascunho os diferentes estilos de círculos.

O efeito tridimensional também pode ser produzido ao variar a pressão do lápis no papel. Pouca pressão sob a ponta produz uma cor mais clara, já os traços mais firmes resultam em um pigmento mais forte.

As sombras devem ser feitas com maior pressão no lápis, enquanto as áreas de destaque do desenho necessitam de mais delicadeza.

Essa técnica é mais indicada para a representação de espaços naturais como céu e água. Para evitar quebrar a ponta do lápis o indicado é reduzir a pressão e pintar a mesma área do desenho mais de uma vez até atingir a intensidade ideal.

Quanto ao traçado, existem duas técnicas que conferem os efeitos de sombreamento e profundidade ao desenho: o traço transversal e o cruzado.

O traçado transversal consiste em desenhar várias linhas paralelas e com diferentes espaçamentos para criar um efeito 3D na obra. Esse método é ideal para proporcionar profundidade em colinas, grama, céu e roupas.

Já o traçado cruzado é outra técnica interessante para produzir o sombreado no desenho. Para isso, basta preencher o espaço com linhas paralelas próximas umas das outras e depois desenhar por cima outro conjunto de linhas paralelas no sentido oposto.

A área marcada pelo traçado cruzado estará mais escura do que o restante do desenho, criando assim o efeito de sombra.

Mistura de cores

Todo artista sabe que nem sempre é possível contar com um lápis de cor na tonalidade desejada para colorir um desenho. Por isso, existem algumas técnicas úteis para misturar as cores e obter novos tons.

Com a sobreposição de tonalidades é possível criar novas cores e mesclar as já existentes para representar cenários como o pôr do sol, por exemplo. Lembre-se: azul e amarelo criam o verde; vermelho e azul dão origem ao roxo; e vermelho e amarelo criam o laranja.

Na sobreposição, o indicado é utilizar a cor mais escura primeiro e a mais clara depois. Uma dica interessante é sobrepor tons diferentes da mesma cor, como azul claro e azul escuro, para criar uma tonalidade média.

Após realizar a sobreposição de cores, é possível que o papel apresente algumas bolinhas assimétricas. Para deixar a superfície uniforme, vale utilizar um lápis sem cor.

Esse tipo de lápis ajuda a mesclar melhor as cores e deixar a pintura com um acabamento mais natural. A aplicação deve ser com movimentos para frente e para trás por toda a superfície que apresenta a sobreposição de cores.

Outra dica para mesclar melhor as tonalidades é aplicar álcool isopropílico sobre a área desejada. Mas atenção, devido às substâncias exaladas, esse álcool deve ser manuseado sempre em um ambiente bem ventilado.

Para misturar as cores e deixá-las com uma intensidade mais acentuada, basta aplicar o álcool isopropílico em um pedaço de algodão e fazer movimentos de vai e vem sobre o desenho. Vale ressaltar que esta técnica é mais indicada para papéis de maior gramatura.

Cuidados com o lápis de cor

Além das técnicas mais adequadas, é necessário contar com um material de qualidade na hora de colorir e fazer o acabamento do desenho.

Dessa forma, é fundamental que o artista tenha em mãos um conjunto de lápis com pontas macias para facilitar a mistura das cores e melhorar a qualidade final do trabalho.

Apesar de representarem um investimento maior, os lápis macios facilitam o trabalho e quebram menos do que os modelos de ponta mais rígida.

Se você quer descobrir como escolher o modelo de lápis ideal e conhecer outras técnicas para colorir com lápis de cor, confira o artigo “Lápis de cor: como escolher tipos e técnicas para usá-los” aqui!

Outra dica para conservar melhor o material é guardar os lápis em um estojo de proteção ou uma bolsa macia, evitando que eles sejam derrubados e as pontas se quebrem.

Na hora de apontar os lápis, o mais indicado é utilizar um apontador ao invés de estiletes ou facas, pois essas ferramentas danificam a madeira do lápis. E lembre-se de manter o lápis sempre reto na hora de apontar, para evitar deformidades na ponta e a quebra constante.

Com as dicas de hoje você já está pronto para testar novas técnicas de sombreamento, texturas e mistura de cores em seus desenhos, sem deixar de lado os cuidados com os materiais.

Se você precisa renovar seu conjunto de lápis de cor e adquirir novos materiais artísticos, acesse o site da Grafitti Artes e confira a grande variedade de marcas e tonalidades de lápis coloridos, além de papéis, borrachas e lapiseiras.

Na Grafitti Artes você encontra lápis de cores avulsos para completar a sua coleção ou estojos com 36, 100 e até 120 lápis coloridos.

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *