Você sabe usar tinta guache? Aprenda agora como funciona esse material!

Quem trabalha com festas sabe: a criatividade comanda. Enquanto os clientes sonham com uma comemoração que atenda todas as suas expectativas, é função das organizadoras planejar cada detalhe e garantir a satisfação.

Você sabia que aprender a usar a tinta guache pode ser o tiro certeiro para quem deseja se destacar? Pois é! Identificar as possibilidades de trabalhar com essa tinta é um passo importante para desenvolver a criatividade, embelezar o ambiente, as peças de decoração e criar um magnífico visual de cores.

Com baixo custo, mas um amplo leque de versatilidade, usar tinta guache pode ser o charme que faltava. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura:

O universo das tintas

Se você nunca trabalhou com esse material, não se preocupe. Aprender as técnicas desse material similar à aquarela é mais fácil do que parece. Tanto que é comum as pessoas se confundirem e não distinguirem as diferenças entre ambas.

A tinta guache

Feita com pigmento misturado ao aglutinante (no geral, goma arábica), essa tinta é uma aquarela opaca, fosca e possui maior pigmentação — o que a diferencia da tinta aquarela, que, quando seca, perde cerca de metade do seu colorido.

Uma das maiores vantagens de trabalhar com a tinta guache é que as peças secam rápido, o que agiliza e torna o trabalho mais prático. Mas vale ressaltar que, mesmo seca, a tinta continua solúvel à água.

Quando o assunto é o contato com a água, as tintas acrílicas podem ser indicadas. Mas há um detalhe importante: até mesmo as versões foscas dessa tinta deixam um brilho e podem não ilustrar o resultado almejado.

Outro benefício de usar tinta guache é que a sua opacidade permite cobrir qualquer cor de fundo e ainda facilita a fotografia dos trabalhos feitos, pois não refletem a luz. Perfeito, não é mesmo?

As marcas e as cores

É comum que uma marca agrade uma pessoa, mas não agrade outra. O ideal é testá-las e escolher a mais resistente dos pigmentos. Confira as 7 melhores marcas de 2016:

  • Maimeri Gouache;
  • Graham Artist’s Gouache;
  • Royal Talens Gouache;
  • Winsor & Newton Designers’ Gouache;
  • Holbein Artist’s Gouache;
  • LUKAS Designer’s Gouache;
  • Schmincke Horadam Gouache.

Para quem está começando os trabalhos com essa tinta, existem 3 cores primárias fáceis de usar e encontrar: amarelo, azul e vermelho primário. E, para te ajudar, selecionamos uma paleta de cores básicas:

  • lemon yellow;
  • permanent yellow deep;
  • flame red;
  • cadmium red;
  • alizarin crimson;
  • phthalo blue;
  • ultramarine;
  • winsor green;
  • burnt umber;
  • yellow ochre;
  • burnt sienna.

O uso de guache em quadros

  • Se deseja um trabalho menos opaco e mais fino, coloque mais água no momento de diluir. Mas, caso prefira uma pintura mais opaca e grossa, deixe a tinta guache ser diluída em uma quantidade menor de água;
  • comece sempre pelos tons mais escuros, depois os meio tons, e, por último, os tons mais claros;
  • não faça camadas muito grossas, pois a pintura pode rachar com o passar do tempo;
  • treine algumas misturas antes de pintar e anote todas as cores para criar uma referência;
  • tenha cuidado para não diluir muito a tinta para que ela não vire pó nem saia facilmente.

Agora que você conhece mais sobre como usar tinta guache, que tal compartilhar este post nas redes sociais e permitir que mais pessoas se encantem com o material?

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *