Qual o melhor lápis de escrever

Quem costuma utilizar lápis de escrever para trabalhos artísticos e ilustrações sabe a importância de escolher um material de boa qualidade e adequado para cada processo criativo.

Afinal, os lápis tradicionais, aqueles utilizados nas escolas, nem sempre entregam a mesmo desempenho do que um lápis mais profissional e com um grafite de melhor qualidade.

Pensando nisso, reunimos algumas sugestões de lápis de escrever para facilitar a criação de trabalhos artísticos e trazer resultados ainda mais profissionais. Continue acompanhando para saber mais.

Lápis de escrever: qual o melhor?

Se você tem dúvidas na hora de escolher o melhor lápis de escrever para os seus trabalhos artísticos ou de ilustração, conheça um pouco mais sobre quatro tipos de lápis que selecionamos hoje:

Lápis dermatográfico

O lápis dermatográfico ou vitrográfico é composto por cera e pigmentos envoltos em madeira ou um tipo de papel com cordão, que ao ser puxado aponta o lápis sem a necessidade de um apontador. 

Este tipo de lápis pode ser utilizado para escrever em diversos tipos de superfícies lisas e porosas, como madeira, ferro, porcelana, plástico, vidro, metal, porcelana, couro, celofane, celulóide, revista, papel fotográfico, dentre outras.  

Por não fixar na superfície, apenas aderir, a cera do lápis dermatográfico pode ser apagada ao esfregar um pano seco sobre o traço.

Lápis esboço

O lápis de esboço, também conhecido como crayon para desenho, possui consistência similar a do lápis pastel e oferece grande maciez aos traços.

Apresentando alta cobertura, o lápis de esboço pode ser utilizado em papel de fibras de algodão ou outros componentes, telas de diversos tecidos, blocos de desenho, etc.

Para apagar ou suavizar a intensidade do traçado feito com o lápis esboço, recomenda-se a utilização de uma borracha limpa-tipo que absorve parte da composição do lápis depositada na superfície, evitando que o esboço apareça no trabalho final. 

Lápis integral

Como o nome já sugere, o lápis integral é composto por um único material, ao contrário dos modelos tradicionais de madeira. 

Este tipo de lápis é formado por uma mina de grafite puro, coberto por uma fina camada de verniz. 

Em outras palavras, ele é uma barra de grafite integral em forma de lápis, contendo apenas um revestimento para não sujar as mãos do artista. 

O lápis integral é ideal para trabalhos artísticos e preenchimentos de grandes áreas de papel. 

Lápis pastel

Produzido com alto teor de pigmento, o lápis pastel é muito utilizado para colorir trabalhos artísticos com alta qualidade, podendo receber acabamento com os dedos ou um esfuminho. 

Ideal para traços finos e detalhes, este tipo de lápis pode ser utilizado tanto para escrita quanto para desenhos.

De alta durabilidade, o lápis pastel se espalha com facilidade pelo papel, proporcionando os melhores resultados aos trabalhos.

Ficou interessado e quer descobrir mais conteúdos sobre lápis para trabalhos artísticos? Confira nossos outros artigos relacionados a este assunto: 

  • “Os lápis para desenho” – acesse aqui!
  • “Lápis de cor: como escolher, tipos e técnicas para usá-los” – acesse aqui! 

Se você está pensando em adquirir novos lápis de escrever para os seus trabalhos, confira a variedade de modelos e marcas da Grafitti Artes. 

A Grafitti é especialista quando o assunto é material para desenho, pintura e artesanato, oferecendo opções para estudantes e artistas dos mais diferentes níveis.

Na Grafitti Artes você encontra lápis dermatográfico, de esboço, integral e pastel, além de borrachas limpa-tipo, diferentes papéis, estojos e muito mais.

Acesse a loja virtual da Grafitti Artes e boas compras! 

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *