Qual a importância do desenho à mão para a Arquitetura de hoje?

Ter habilidade de desenhar à mão livre é um dos requisitos essenciais para aqueles que desejam trabalhar com Arquitetura, a fim de realizar desenhos técnicos e criativos necessários na profissão.

Porém, com a tecnologia em alta e o surgimento de softwares como CAD e outros ainda mais modernos, aos poucos a necessidade dessa habilidade foi ficando para segundo plano.

Dessa forma, muitos se perguntam se o desenho é ainda tão importante na Arquitetura nos dias de hoje. No decorrer deste post, abordaremos a importância do desenho à mão livre para os profissionais da área. Confira!

Por que o desenho à mão livre é importante na Arquitetura?

Como diz a expressão: “Uma imagem vale mais do que mil palavras”. Muitas vezes, falamos ou escrevemos e não nos fazemos entender, mas quando pegamos lápis e papel e criamos um esboço de um projeto, pronto! Fica claro como água. O que antes parecia complicado, se torna mais fácil de ser compreendido.

Embora não seja algo obrigatório nos dias de hoje por causa de inúmeros e avançados softwares de desenho digital, onde um projeto fica pronto em poucos cliques, a ideia é ainda expor a satisfação que provém do desenho à mão, do esboço e do processo criativo.

Com o desenho à mão, é possível organizar ideias, ajudar a esclarecer um projeto e estruturá-lo, para que ele possa se desenvolver de forma mais plena. O desenho feito à mão é o ponto de partida para a materialização de qualquer construção.

Além de conferir uma abordagem mais lúcida, o desenho à mão torna mais fácil fazer com que as ideias fluam aos poucos, à medida que o cérebro se concentra e se esforça para criar formas por meio de diretrizes mais flexíveis do que um programa de computador poderia fazer.

O desenho é algo simples, espontâneo e confere mais liberdade ao ser traçado. É algo despretensioso e traduz exatamente o que se tenta esclarecer. É um ofício sutil, mas apurado, que faz com que o trabalho do Arquiteto tenha mais personalidade e se torne único.

Como começar no desenho à mão livre para seus trabalhos de arquitetura?

Para estudantes de Design de Interiores, de cursos técnicos da área de Edificações ou Arquitetura que não tiveram muito contato com esse tipo de disciplina ou até mesmo para profissionais que já têm algum tempo de profissão, mas já esqueceram como fazer desenhos à mão, nunca é tarde para começar a preparar esboços ou criar projetos de uma nova forma.

Veja como você pode treinar o desenho à mão livre:

Desenvolva croquis de edifícios

Você pode olhar em sua cidade as edificações que existem, como prédios históricos, lojas e shopping centers, e começar a fazer um esboço dessas construções. O importante é exercitar de forma livre o desenho, com formas geométricas e acabamentos de acordo com sua maneira particular de desenvolvê-los.

Crie desenhos de paisagens, árvores, plantas e flores

O Paisagismo geralmente está relacionado com a Arquitetura e o Desenho Técnico, assim, exercitar diversas formas ajudará na hora de projetar maquetes ou desenhar os esboços da decoração de jardins e áreas externas.

Desenhe objetos aleatórios

Desenhar diversos tipos de objetos ajudará na hora de criar os detalhes de um projeto futuro. É importante também observar os pormenores dessas peças ao desenhá-las.

Desenhe a parte interior dos ambientes

Criar esboços de cozinhas, banheiros, salas e quartos ajudará a aprimorar a sua noção de espaço.

Não espere perfeição nos primeiros riscos. Assim como qualquer arte, o desenho requer muita prática para chegar à perfeição. Por isso, não desista e pratique sempre que possível o desenho à mão em seus projetos de Arquitetura. Dessa forma, você tornará seus trabalhos mais criativos e únicos.

Gostaria deste post? Então continue acompanhando o nosso blog e não se esqueça de curtir a nossa página no Facebook!

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *