Aprenda a escolher os materiais de desenho ideais para iniciantes

Muitas dúvidas surgem naqueles que estão começando a praticar os primeiros traços. Mas será que você realmente precisa comprar todos os materiais para desenho de uma só vez? Já se perguntou qual o melhor tipo de papel para treinar os esboços? Ou como fazer com que os seus lápis de contorno durem mais? Descubra essas e outras respostas aqui.

Aprenda a diferenciar as superfícies de papel

Cada papel serve melhor a um propósito, além do tipo de folha também é preciso observar a gramatura do papel. A gramatura equivale à massa representada em metros quadrados, pois o papel pode ser composto por celulose, aditivos e cargas.

Ou seja, os papéis mais encorpados, conferem maior estabilidade ao desenho suportando tintas aquarela, porém são mais difíceis de dobrar. Veja alguns exemplos e para que são indicados:

  • Comum: Opaco, o A4, papel comum, apergaminhado, off-set ou papel sulfite é comumente utilizado em impressoras. Apresenta muitas cores, tamanhos e pode ser encontrado em diferentes gramaturas, variando entre 50 a 160g/m². Costuma absorver bem o pigmento de lápis de cores, mas não é indicado para tinta aquarela;
  • Transparência: Antiaderente, o papel manteiga, também conhecido como papel sulfurize ou papel croqui, é ideal para os primeiros traços do seu projeto. Conta com boa transparência e absorve bem a tinta de canetas nanquim, o grafite de lápis HB, F e o hidrocor. Contudo, também não é indicado para o uso de tintas aquarela, pois não permite correções no desenho;
  • Fino e firme: Semi transparente, o papel vegetal é semelhante ao papel manteiga, porém um pouco mais espesso. Possui grande resistência ao tempo, permitindo raspagens e correções. Porém, não deve ser dobrado, pois as marcas podem prejudicar as cópias;
  • Fotográfico: Deslizante, o papel opaline oferece a superfície ideal para quem busca por um aspecto de fotografia. Essa folha também é indicada para quem ainda tem dificuldade na hora de finalizar um desenho, pois sua textura é menos áspera, auxiliando a caneta a deslizar com mais facilidade sobre o papel;
  • Resistente: O papel do tipo Canson possibilita a utilização de tinta aquarela, pois apresenta gramaturas que variam entre 140 e 200g/m². Leia mais a respeito da aplicação da tinta aquarela aqui.

Dica de ouro: Evite usar blocos granulados para desenhos coloridos, eles são rugosos e ao forçar o lápis para preencher as lacunas você poderá provocar rasuras. Para aprender a usar cores, fazer sombras ou trabalhar com traços mais firmes dê preferência a papéis lisos.

Opção mais barata

Opção com o melhor custo benefício

  • Bloco Vegetal 92 g/m² A-4 21 X 29,7 cm com 50 Folhas TRIDENT/FABRIANO

A melhor opção para quem pode investir

Lápis e lapiseiras: esboço, luz e sombra

A gramatura do papel é fundamental para fixar o traço na superfície, mas o grafite também tem peso na qualidade final do desenho. Os com pontas mais rígidas oferecem mais firmeza para os esboços. Enquanto, as lapiseiras são ligeiramente mais finas, e por isso, são capazes de produzir efeitos mais delicados. Para quem está começando é indicado o uso de um grafite 0.7.

No que tange aos lápis, o HB pode ser utilizado para fazer esboços, enquanto o 4B E 6B devem ser usados para trabalhar efeitos de luz, sombra e contornos. Contudo, ao utilizá-los você corre o risco de borrar o desenho, por isso é recomendado finalizar com canetas.

Opção mais barata

Opção com o melhor custo benefício

A melhor opção para quem pode investir

Borracha: essencial para a correção de detalhes

Tenha cuidado ao escolher, pois os modelos mais baratos costumam borrar seu desenho e desfragmentar. Logo, para adquirir uma borracha boa é preciso procurar por modelos que não sujem, sejam macios e não borrem.

As borrachas escuras dos modelos limpa-tipo costumam reunir todas essas características. Além disso, elas apagam falhas, podem ser usadas para corrigir esboços ou definir a iluminação e criar um efeito pastel. Mas cuidado, ela absorve o grafite e por isso pode acabar promovendo pequenos borrões no papel. Mas se você visa apagar apenas áreas menores, seu foco deve ser as borrachas em forma de bastão, que oferecem mais precisão.

Opção mais baratas

Opção com o melhor custo benefício

A melhor opção para quem pode investir

Prancheta A4 e Sketchbook

Esses são itens valiosos ficando entre as coisas mais importantes que um artista pode ter. Sabe quando dá aquela vontade de desenhar algo incrível que você acabou de ver, mas não tem onde apoiar o papel? A prancheta A4 oferece essa portabilidade, com ela você poderá desenhar em qualquer lugar.

Para quem não quer carregar uma prancheta, uma boa opção é adquirir um sketchbook (caderno de esboços), pois ele pode ser utilizado para manter a sua mente artistística em constante exercício, sendo muitas vezes uma grande fonte para idéias inovadoras.

Recomendamos que você escolha um caderno que seja durável e, de preferência, que tenha muitas páginas para todas as suas ideias. Nesse ponto, a capa dura é importante, pois ela ajuda manter os cantos das páginas limpas e em boas condições, auxiliando a mantê-las sempre niveladas.

Opção mais barata

Opção com o melhor custo benefício

A melhor opção para quem pode investir

Lápis coloridos: Dando vida às obras

Disponíveis nos formatos de cera, goma e óleo os lápis para colorir possuem uma grande variedade de pigmentação e cores. Você não precisa comprar a maior caixa do mercado, experimente um pequeno conjunto de 12 ou 24 cores para ver se gosta do material.

No Brasil há muitas boas opções para atender todas as aplicações do desenho, como paisagens ou retratos. Os lápis de cor são melhores para contornos e podem sobrepor as cores de várias maneiras Quer saber mais sobre o tema? Confira o nosso artigo e descubra 5 dicas exclusivas para quem vai começar a pintar com lápis de cor.

Opção mais barata

Opção com o melhor custo benefício

A melhor opção para quem pode investir

Apontadores e estiletes: Mantendo o mesmo traço

Os apontadores são recomendados para cuidar das pontas dos lápis de cor e do lápis HB, enquanto o estilete é mais indicado para adultos, que precisam manter a ponta do 4B e 6B afiada. Se você for uma criança nunca tente utilizar estiletes sozinho, peça ajuda ao seus responsáveis.

Opção mais barata

Opção com o melhor custo benefício

A melhor opção para quem pode investir

Canetas Nanquim

Possuem uma ponta rígida bem porosa, a qual é utilizada para absorver melhor o pigmento, criando um atrito mais suave na folha. A caneta nanquim é perfeita para realizar traços precisos e acabamento, pois seu traço transfere um efeito contínuo ao desenho, tornando-se um modelo ideal para finalização.

Essa ferramenta é uma ótima opção tanto para iniciantes e profissionais, pois está disponível no mercado em diversas marcas e modelos, os quais variam entre importantes quesitos como o tipo de ponta, força do pigmento e a espessura.

Opção mais barata

  • Stabilo: Descartável, apresenta o menor preço, ideal para iniciantes.

Opção com o melhor custo benefício

  • Staedtler: Descartável, tem o pigmento com a melhor fixação.

As melhores opções para quem pode investir

  • Sakura: Descartável, possui a maior variedade de cores disponíveis;
  • Uni-Pin: Descartável, possui as pontas mais finas do mercado (00.3).

Eu preciso comprar tudo isso para começar?

Não, para dar início aos desenhos você pode optar por kit básico de materiais para iniciantes, que precisa conter:

Ou, se preferir começar com um kit completo adicione também:

Onde comprar material para desenho para iniciantes?

Na Grafitti Artes você encontra esses e outros materiais com uma grande variedade de cores e preço. Consulte a nossa loja virtual e confira tudo que está a sua disposição.

Você pode gostar de...

4 Respostas

  1. Bem, eu queria comprar logo um pacotão de folhas brancas (A4 para impressão) que São baratas em relação a essas próprias pra desenhos, que São meio caras e vem poucas folhas (20 Ou 30). Tem diferença nesses tipos de papel, e muita? Vale o custo menor do papel A4 de impressão?

  2. Felipe disse:

    Bom dia

    Excelente artigo sobre ajudar os iniciantes a escolher os materiais adequados e proporcionar segurança nos desenhos. Vou acompanhar o blog de vocês.

    Fique com Deus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *