Aprenda a fazer aplique em tecido em 4 passos

Desde que os tutoriais de DIY (ou “Faça Você Mesmo”) se espalharam pela internet, o artesanato atraiu muitos novos adeptos. Nessa leva, o aplique em tecido ganhou destaque, figurando em belos trabalhos de decoração e moda.

A técnica é simples, mas oferece um efeito único. Trata-se de um trabalho artesanal que consiste em usar tecidos na decoração de superfícies têxteis. Mas atenção: ele é diferente do patchwork, baseado no remendo aplicado, já que o patch ou patch apliquê, como o aplique em tecido também é chamado, não requer o uso de máquina de costura.

Conheça os itens básicos para a aplicação:

  • agulha;
  • linha;
  • papel termocolante;
  • ferro de passar;
  • lápis macio (prefira os de tipo B, como 4B ou 6B, que têm ponta mais macia, para não ferir o papel na hora de traçar o desenho);
  • tecidos em estampas diversas.

E agora que você já sabe como começar, a seguir, confira como desenvolver o aplique em tecido em 4 passos:

1. Faça o traçado no papel termocolante

Vire o lado crespo do papel termocolante para baixo. O papel, que possui uma transparência natural, deve ser sobreposto ao desenho selecionado. Assim, você poderá copiar o molde. Comece a traçar com lápis no lado liso do papel.

2. Ajuste as cores e os tecidos

Após finalizar o desenho, procure entender quais são as partes que o constituem. Um bolinho, por exemplo, é formado pelo copo e pelo topo fofinho. Ele pode ganhar, ainda, um toque extra de cor com uma cereja. Ou seja, esse desenho seria formado por 3 partes diferentes e, logo, por 3 tipos de tecidos.

É importante que você tenha essa noção para organizar os materiais com os quais vai trabalhar. Verifique as cores que harmonizam com a superfície têxtil escolhida para definir como o desenho pode ganhar mais vida.

3. Molde o desenho

Coloque o avesso do papel termocolante sobre o avesso do tecido. Em seguida, passe o ferro sobre o papel durante alguns segundos. Espere o papel e o tecido esfriarem.

Na sequência, recorte o molde com uma tesoura bem afiada, evitando o aspecto de “picado”, e passe o ferro sobre o tecido novamente. Retire a película termocolante cuidadosamente, pois ela pode servir como molde para trabalhos futuros.

4. Finalize com a aplicação

Faça o arranjo das partes cuidadosamente, verificando se elas estão bem encaixadas e posicionadas no local certo da superfície do tecido. Passe o ferro sobre o desenho. Tenha cuidado para que a montagem não saia do lugar! Espere esfriar.

A seguir, para fazer o caseado, procure começar pela frente. Passe a linha por trás, envolvendo-a bem e medindo o espaçamento entre os traços com o auxílio da agulha. Tenha cuidado para não repuxar a costura.

Depois de seguir o passo a passo, é só finalizar a peça conforme você desejar. A lavagem do item em que for feita a aplicação pode ser realizada normalmente, pois o termocolante não sai com água.

A técnica que apresentamos hoje permite o uso de tecidos de diferentes composições, desde que possam ser submetidos ao ferro de passar e fiquem com um bom aspecto ao serem caseados. Dê preferência às malhas de algodão, que aparecem em cores e padrões diversos, para a composição dos trabalhos.

Por fim, uma dica de ouro: o papel termocolante é um material que faz toda a diferença, pois ajuda a colar tecido sobre tecido, evitando o aspecto negativo que o excesso de cola pode conferir ao final da aplicação. Fazendo uso dele, fica mais fácil customizar diversos produtos, como toalhas de mesa e de piquenique, bolsas, blusas e panos de prato.

Gostou das nossas dicas para fazer aplique em tecido? Aproveite o tutorial e entre em contato com a Grafitti Artes e encontre os melhores materiais para começar novos trabalhos!

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *