5 materiais básicos para os estudantes de arquitetura

A arquitetura é reconhecida originalmente como a primeira arte na numeração das artes, sendo um conjunto de técnicas responsável pela ocupação do espaço. Atualmente, essa arte conta com um vasto campo de atuação, que vai desde a criação de projetos até a supervisão e a execução de obras. No cotidiano, os estudantes de arquitetura lidam não só com estudo da teoria, mas também com inúmeros exercícios práticos.

Durante a parte prática, desenhos técnicos são executados. Embora algumas escolas tenham adotado o uso exclusivo de sistemas e softwares para realizar esses traços de forma digital, a maioria dos professores ainda avaliam os desenhos no bom e velho modo: com caneta e papel.

Sem dúvidas para quem sempre sonhou em cursar Arquitetura um dos momentos mais empolgantes é a primeira aula de desenho técnico, mas antes de ir até a faculdade é preciso comprar os materiais necessários para as aulas. Porém, é possível que nessa hora tão esperada muitas dúvidas surjam, tais como:

  • O que comprar?”;
  • Eu realmente preciso de tudo isso?
  • e “Onde devo fazer as compras?”

E essas são só algumas delas. Não se desespere, é normal se sentir perdido diante de um vasto mundo de lojas, produtos, marcas, preços, cores e tipos, realmente é difícil escolher.

Entretanto, existem alguns materiais básicos que são indispensáveis desde o início do curso que devem ser prioridade para o estudante. Neste post nós esclarecemos a respeito de quais são os materiais essenciais para estudantes de arquitetura. Confira!

1. Escalímetro

Por definição, escalímetros são instrumentos com formato de prisma triangular, eles possuem seis réguas com diferentes escalas, daí vem o seu nome. São utilizados para medir e conceber desenhos em escalas ampliadas ou reduzidas.

Fundamentais para elaborar desenhos de plantas, esses materiais ajudam a garantir a proporção entre a representação do objeto no desenho e o seu tamanho real. Existem dois modelos: o de 30 centímetros e o de bolso, com a metade do tamanho do primeiro.

As escalas mais comuns na arquitetura são 1:50, 1:75, 1:20, 1:25, 1:100 e 1:125. Com relação ao material de que são feitos esses instrumentos, existem os escalímetros de metal, que duram mais tempo, e os de plástico, que tem preços mais em conta.

2. Gabaritos

Desenhar móveis e pequenos detalhes a mão livre pode tomar muito tempo. Imagine que em um prédio há quinze banheiros, e você precisará desenhar cada um deles. Não seria melhor ter um molde de sanitários para poupar tempo?

Para auxiliar no trabalho dos estudantes de arquitetura existem os gabaritos, uma espécie de régua que contém o molde de diversas formas geométricas. Sua função é auxiliar no desenho técnico, facilitando a utilização de alguns símbolos previamente definidos.

Há, no mercado, diversos tipos de gabaritos, cada um com suas simbologias: alguns são de circunferências, outros para instalações elétricas, peças de banheiro, mobiliário, instalações hidráulicas, telhados, entre outros.

3. Esquadros

Segundo o Colégio dos Arquitetos o esquadro “Refere-se a um instrumento utilizado em desenhos arquitetônicos, possui forma de um triângulo retângulo, ou de um L que serve para traçar linhas perpendiculares e algumas linhas inclinadas, também para medir e verificar ângulos retos.”

Todo estudante de arquitetura precisa de esquadros. Na verdade, um par de esquadros, composto por um esquadro de 45º-45º-90º e outro de 30º-60º-90º. Eles são considerados essenciais no desenho técnico, por solucionarem problemas de geometria gráfica.

No mercado, existem muitas marcas e modelos, até mesmo ajustáveis, que permitem aberturas maiores de acordo com o desenho. Há também aqueles com borda chanfrada, uma boa opção para evitar borrões com caneta nanquim.

4. Canetas e marcadores

A invenção criada pelo revisor tipográfico Húngaro Ladislao Biro (1899-1985) foi a primeira caneta que não utilizava penas, não borrava e que diferentemente da sua antecessora, conhecida como “caneta-tinteiro”, não secava dentro do tambor.

Esse advento proporcionou uma revolução nas correspondências, que poderiam ser dobradas e enviadas, ao invés de enroladas. Além disso, a gramatura do papel poderia ser mais fina, posto que sua tinta não escorria como as antecessoras.

De lá pra cá muita coisa mudou, mas elas ainda são as principais responsáveis pelo traçado do desenho técnico. As canetas devem ser, preferencialmente, hidrográficas e nanquim. Quanto às espessuras, existe uma grande variedade: para o início do curso, recomenda-se as de 0.1, 0.3, 0.5 e 0.8 mm.

Já sobre os marcadores, recomendamos que pelo menos no início, você opte pelas cores mais básicas, como marrom, cinza, preto, verde e o azul-escuro, além de outros tons neutros. Algumas marcas são mais caras, porém mais duráveis. Outras são mais baratas e podem ser usadas para treino.

O ideal é investir nas suas cores favoritas para marcador somente depois de aprender a usar as técnicas, assim você poupará dinheiro e poderá investi-lo melhor no futuro.

5. Lapiseiras e lápis

Esses são alguns dos melhores amigos dos estudantes de Arquitetura. Os lápis são mais utilizados em desenhos à mão livre. Dentro do estojo do arquiteto, é necessário ter pelo menos 3 lápis com diferentes durezas de grafite, como 2B, 4B e 6B.

Já as lapiseiras são para linhas e escrita técnica. Coringas, eles podem fazer toda a diferença em um projeto acadêmico. As espessuras de grafite primordiais são 0.3, 0.5, 0.7 e 0.9. Não é preciso optar pela mais famosa do mercado, mas é importante considerar a qualidade e a durabilidade tanto da própria lapiseira quanto de seus grafites.

Com essa pequena lista em mente, os estudantes podem ir às compras mais tranquilos. Lembre-se de investir nos materiais adequados, pois eles serão responsáveis por dar um tom muito mais profissional aos seus projetos acadêmicos.

Não se preocupe: é possível achar produtos de qualidade por bons preços, basta buscar por uma loja de confiança e tradição no mercado.

Onde encontrar todos os produtos?

Aqui na loja virtual da Grafitti Artes você encontra uma grande variedade de produtos destinados a estudantes de arquitetura. São diversos modelos de escalímetros, gabaritos, esquadros, canetas hidrográficas, nanquim, marcadores, lápis e lapiseiras para você escolher.

Gostou deste post sobre materiais essenciais para estudantes de Arquitetura? Ficou com alguma dúvida? Não deixe de entrar em contato conosco por meio do nosso site ou da nossa página no Facebook. Será um prazer ajudá-lo!

Você pode gostar de...

1 Resposta

  1. Geubson disse:

    Muito bom o informativo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *