Marcadores artísticos: aprenda a pintar de maneira rápida

Os marcadores artísticos, também chamados de canetas Posca ou “markers”, são canetas permanentes de uso profissional. Imagine que eles sejam como canetinhas melhoradas, com diversos tipos, marcas, modelos, cores, etc.

Normalmente, os marcadores são usados para ilustrações, scrapbook, desenhos, pintura, entre outras formas de arte.

Esse material é simples de usar, requer pouco tempo de preparação e seca rapidamente. Desenhar com marcadores artísticos oferece uma gama de cores que a sua criatividade irá adorar. Eles são ideais para linhas soltas, caligrafia e ilustrações precisas.

Neste post, vamos te mostrar as aplicações dos marcadores, algumas técnicas e dicas para aproveitar ao máximo esse material.

Os tipos de marcadores artísticos

Em relação à composição, eles se dividem em à base de água, álcool ou solvente. Estes últimos criam cores brilhantes, são à prova d’água e duram bastante tempo.

O problema desse tipo de marcador, porém, é que a maioria dos solventes usados causam tontura, dores de cabeça e náusea. Por isso, é importante que ele seja manipulado em lugares bem abertos e longe das crianças.

Já os à base de álcool também secam rapidamente, impedindo borrões, e são à prova d’água. O cheiro é mais suave em relação aos com solvente, mas ainda podem causar irritação.

Os à base de água são sem cheiro e mais seguros, sendo a melhor escolha para crianças. A maioria dos marcadores artísticos seguem essa composição e apresentam uma ponta flexível de nylon ou como uma espuma no formato de um pincel tradicional.

Também é possível encontrar marcadores com pontas arredondadas, quadradas e chanfradas, além de diferentes espessuras.

Onde usar os marcadores

Suas aplicações são diversas. As canetas Poscas podem ser aplicadas em todo tipo de tecido, desde linho, poliéster e viscose até seda, tela de juta e algodão. Uma vez fixadas, elas são resistentes às lavagens.

Outra forma de usar os marcadores é para rendering, ou seja, a representação de um objeto em sua forma mais próxima da realidade, muito usado em arquitetura e design.

Além disso, temos as ilustrações e os desenhos artísticos, nos quais se é possível criar diferentes efeitos, como o aquarela, com os marcadores artísticos.

Técnicas para utilização

Para esfumar, clarear ou criar um efeito de aquarela com os marcadores, você pode usar uma escova ou pincel úmido sob o desenho.

Se você deseja marcar sombras, delimite onde elas serão e, então, espere secar para prosseguir, lembrando de marcá-las outra vez ao fim.

Os marcadores também são ótimos para criar camadas e misturar cores. Você pode dar um efeito degradê usando a mesma cor em várias camadas ou, então, canetas com tons semelhantes.

Com um marcador solvente sem cor, você consegue transferir imagens impressas para o papel. Basta passar em sua superfície, virar a imagem no papel e passar novamente no seu verso. Depois, é só colorir.

Dicas sobre marcadores artísticos

Há um tipo especifico de papel para os marcadores, chamado “bleedproof”, ou seja, ele não deixa a tinta passar para o verso.

Os marcadores artísticos à base de água são os mais difíceis de conseguir efeitos de luz e sombra, pois a pintura fica com rastros. Por outro lado, esse tipo não precisa de uma folha especial para ser usado, uma de 40kg basta.

Tente também misturar os marcadores com outras técnicas, como o naquim e giz pastel para conseguir resultados únicos e incríveis.

Ficou curioso para testar os marcadores artísticos? Gostou do post? Então, não se esqueça de assinar a nossa newsletter e continuar recebendo nossas dicas em primeira mão.

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *