Dicas de filmes e séries sobre arte para você assistir

O cinema é conhecido como a sétima arte. Quando há hibridações entre ele e a história de artistas, é a receita certa para concorrer a uma indicação ao Oscar.  Dentre tantas obras, algumas merecem destaque e se tornam requisito obrigatório no repertório dos fãs de arte. Para te auxiliar a conhecê-los criamos uma lista com filmes, séries e documentários que abordam o tema. Confira!

Documentário

Abstract: The Art of Design

Abstract- The Art of Design

O documentário de oito episódios produzidos e disponibilizado pela Netflix tem como objetivo apresentar o trabalho de artista de diversas áreas. Entre eles, está a designer gráfica Paula Scher, o ilustrador Christoph Niemann, o fotógrafo Platon e o arquiteto Bjarke Ingels.

A série não se atêm apenas ao ambiente de trabalho, mas também retrata como funcionam os processos de criação dos designers mais relevantes dos últimos anos. Está dividida em 8 episódios com duração de 40 minutos cada um, dando a oportunidade de assistir a todos em apenas um final de semana!

Séries

Medici: Master of Florence

 

Medici

Na Florença do início do século XV, Cosimo de Medici (Richard Madden) acaba de assumir o Banco de Medici após seu pai Giovanni (Dustin Hoffman) ser misteriosamente envenenado. Sendo o próximo da dinastia, esse jovem logo percebe que com grandes poderes vêm grandes responsabilidades.

A série tem sido amplamente criticada por seu desvio de fatos históricos e tem sido comparada a uma novela. Para dar um exemplo, no primeiro episódio Giovanni é envenenado, dando origem a um sub-enredo ao longo da temporada sobre quem era seu assassino. Na verdade, sua causa de morte é desconhecida e presume-se que tenha sido causada por causas naturais.

Outro aspecto amplamente criticado da série é quando a esposa de Cosimo, Contessina (Annabel Scholey), viaja para a Signoria (o governo de Florença na época) usando cota de malha para evitar a sentença de morte de Cosimo e pedir seu exílio, quando na realidade foi a influência do próprio Cosimo que lhe comprou o exílio em lugar de execução. Apesar de todas as controvérsias a fotografia da obra é belíssima e vale a pena assistí-la.

Da Vinci’s demons

Da Vinci Demons

Em um mundo em que pensamentos e fé são controlados, um homem luta para que o conhecimento seja livre. Torturado pelo próprio dom de ser um gênio, Leonardo Da Vinci (Tom Riley) se vê em meio a um conflito em que verdade e mentira, razão e fé, e passado e futuro se enfrentam. Sua sede de conhecimento quase se torna sua ruína, mas sua inteligência prevalece e ele acaba se tornando uma força que pode tirar toda uma era da escuridão.

O artista é retratado como o maior inventor em destaque no século XV e de forma muito divertida, cria seus inventos enquanto desfruta de toda a devassidão sexual proveniente de sua fama.

Filmes

Frida Kahlo

Frida

Este é um filme que vale a pena assistir não só pela sua fotografia vívida, mas também pela possibilidade de olhar a vida inteira da artista, pois há uma flutuação na direção e atuação que o tornam especial.

Pollock

Pollock

Em agosto de 1949, a revista Life publicou em sua capa uma manchete dizendo: “Jackson Pollock: Será ele o maior artista vivo dos Estados Unidos?”. Já conhecido no mundo da arte de Nova York, Pollock agora passava a ser conhecido nacionalmente como a primeira celebridade americana no mundo das artes plásticas e seu estilo corajoso e radical de pintura ditava os rumos da arte moderna. Mas os tormentos que atingiam Pollock em toda sua vida e que o ajudaram no início de carreira a criar sua arte original começaram a afligi-lo cada vez mais. Lutando contra si mesmo, Pollock entrou então numa espiral decadente que fez com que destruísse seu casamento, sua promissora carreira e sua própria vida.

A película chama atenção pelo papel da esposa de Pollock no seu trabalho, que o ajudou a abandonar o alcoolismo e transferir as suas angústias para a tela. O pintor foi o primeiro a misturar performances à pintura, usando o corpo, experimentos com gotejamento e até mesmo borrões para deixar seu legado. É muito difícil conseguir criar algo original no âmbito artístico, e sem dúvidas Pollock o fez com maestria.

Moça com brinco de pérola

Moça com brinco de perola

Em pleno século XVII vive Griet (Scarlett Johansson), uma jovem camponesa holandesa. Devido a dificuldades financeiras, Griet é obrigada a trabalhar na casa de Johannes Vermeer (Colin Firth), um renomado pintor de sua época. Aos poucos Johannes começa a prestar atenção na jovem de apenas 17 anos, fazendo dela sua musa inspiradora para um de seus mais famosos trabalhos: a tela “Girl with a Pearl Earring”.

Este não é um filme cheio de explosões e ação. Trata-se de uma película introspectiva sobre coisas não ditas, oportunidades não aproveitadas, potenciais não realizados. Todos esses elementos entram em sinestesia com uma trilha sonora única, fotografia inigualável que fantasiam uma história por trás da pintura de 1665 criada por Johannes Vermeer. 

Vida e Arte de Georgia O’Keeffe

vida-e-arte-de-georgia-okeeffe

Uma das pintoras mais importantes da história da arte americana, Georgia Totto O’Keeffe (Joan Allen) pintou flores e paisagens como ninguém e conheceu amor e fama com fotógrafo Alfred Stieglitz (Jeremy Irons), com quem manteve um intenso relacionamento amoroso e profissional.

O filme retrata a história da jovem texana que se tornou um brilho luminoso no deserto com os arcos azuis de sua maravilhosa aquarela, seus quadros criam uma ponte que se ergue entre o real e o abstrato. Além da obra da pintura é possível acompanhar o romance entre ela e Alfred, encantador e intenso. Vale a pena conferir.

Agonia e Êxtase

agonia-e-extase

Preocupado com o legado que deixaria para as gerações futuras, o Papa Júlio II (Rex Harrison) resolve contratar o Michelangelo (Charlton Heston) para pintar o teto da Capela Sistina. O artista se nega, mas logo é forçado pelo pontífice a fazê-lo. A partir daí, começam as disputas entre Michelangelo e papa à respeito do projeto.

Júlio II era tão arrogante quanto Michelangelo, por isso, os contratos estabelecidos por ambos eram muito confusos, e os desejos do papa sempre mudavam quando a obra estava quase pronta, tanto que do projeto inicial restou apenas o Moisés. A obra só foi finalizada após a morte de Júlio II, em 1513. 

Sombras de Goya

sombras de goya

Nos primeiros anos do século XIX, em meio ao radicalismo da Inquisição e à iminente invasão da Espanha pelas tropas de Napoleão Bonaparte (Craig Stevenson), o gênio artístico do pintor espanhol Francisco Goya (Stellan Skarsgard) é reconhecido na corte do Rei Carlos IV (Randy Quaid). Inés (Natalie Portman), a jovem modelo e musa do pintor, é presa sob a falsa acusação de heresia. Nem as intervenções do influente Frei Lorenzo (Javier Bardem), também retratado por Goya, conseguem evitar que ela seja brutalmente torturada nos porões da Igreja. Estes personagens e os horrores da guerra, com os seus fantasmas, alimentam a pintura de Goya, testemunha atormentada de uma época turbulenta. Com uma caracterização lúgubre a película aborda de forma profunda o drama psicológico que pode ter dado origem às telas perturbadoras do artista. 

 

Já assistiu algum desses? Tem alguma outra recomendação? Deixe nos comentários para gente.

Você pode gostar de...

1 Resposta

  1. Kethilly disse:

    Legal as séries e os filmes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *