Conheça a história e principais obras da primeira mulher a ganhar o Pritzker

Dame Zaha Hadid foi uma arquiteta nascida no Iraque que ganhou o mundo. Seus projetos estão em diversos países, incluindo Hong Kong, Alemanha e Azerbaijão. Durante a carreira ela recebeu diversos títulos em reconhecimento aos seus trabalhos e, no artigo de hoje, falaremos sobre a vida da artista e mostraremos suas principais obras.

Nascida em Baghad, Zaha Hadid estudou matemática na Universidade Americana de Beirute – onde mais tarde projetou um prédio no campus, que foi concluído em 2014 – antes de embarcar em sua carreira na Architectural Association, em Londres.

Em 1979, ela montou sua própria empresa – Zaha Hadid Architects. Seu primeiro grande projeto foi a construção da Estação de Bombeiros Vitra, em Weil am Rhein, na Alemanha.

Zaha também projetou o impressionante London Aquatics Centre localizado em Stratford, ele se assemelha a uma onda, possui duas piscinas de 50 metros e uma piscina de mergulho. O Centro Aquático de Londres foi utilizado nas Olimpíadas e Paralimpíadas de Londres em 2012 e, foi aberto ao público em 2014. Na época Zaha disse: “Eu amo o Centro Aquático de Londres porque é perto de onde eu moro”.

Além das olímpiadas ela projetou um dos estádios da Copa do Mundo do Qatar, em 2022. As outras criações de Dame Zaha incluem a Serpentine Sackler Gallery, em Londres, o Riverside Museum, no Museu de Transporte de Glasgow, e a Guangzhou Opera House, na China.

Premiações recebidas por Zaha Hadid

  • Bicampeã do Prêmio Riba Stirling: é a premiação de arquitetura de maior prestígio do Reino Unido. Zaha foi laureada duas vezes: Em 2010, por seu trabalho no Museu Maxxi, em Roma; e em 2011, com o edifício Evelyn Grace Academy, em Brixton. Coletando sua medalha de ouro, ela alegou que estava orgulhosa por ter sido a primeira mulher “a ganhar por direito próprio” a premiação;
  • Pritzker: Zaha também foi a primeira mulher a receber o Pritzker, conhecido como o “Oscar da Arquitetura”. Em 2015, a arquiteta também quebrou a hegemonia masculina, ao ser laureada com a medalha de ouro do Royal Institute of British Architects. A honraria era atribuída apenas a homens há 170 anos;
  • Green Building, Gulf Sustainability and CSR: A obra na sede da Bee’ah em Sharjah nos Emirados Árabes, o projeto que será a nova sede da principal empresa integrada de gestão ambiental e de resíduos dos Emirados Árabes Unido foi inspirado nas formas das dunas de areia e orientado segundo os ventos predominantes da região de forma a favorecer a ventilação natural. Por este projeto Zaha recebeu a premiação Green Building, Gulf Sustainability e CSR, por ser feita majoritariamente por materiais recicláveis;
  • Ela também recebeu outras diversas indicações que você pode conferir em sua página oficial.

 

Zaha Hadid não foi apenas uma grande arquiteta da Grã-Bretanha, mas sim uma das maiores arquitetas do mundo do final do século XX e início século XXI. Infelizmente, ela faleceu em consequência de um ataque cardíaco, no dia 31 de março de 2016, em Miami, EUA. Segundo informações da BBC e dos jornais britânicos “The Guardian” e “Telegraph”, Hadid estava internada para o tratamento de bronquite e tinha 65 anos.

Confira fotos do legado deixado por Zaha Hadid

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *