10 escritores brasileiros que você precisa ler

No dia 25 de julho é comemorado o Dia do Escritor e para celebrar a data reunimos 10 escritores brasileiros clássicos e contemporâneos que com seus livros contribuíram para a literatura brasileira.

5 escritores brasileiros clássicos

Sem dúvidas a escrita é uma das artes mais antigas da humanidade. Desde sua criação ela vem sendo utilizada como ferramenta para transmitir histórias e pensamentos. Embora o foco do ensino público ainda seja muito voltado para o passado eurocentrista, aqui no Brasil há escritores brilhantes dos últimos séculos que você precisa conhecer, dentre inúmeros merecem destaque:

José de Alencar

Precursor de romances com temáticas nacionais, ao invés de apenas voltar seus olhos para o passado José de Alencar já sabia o quão importante era relatar o cotidiano para que as próximas gerações pudessem conhecê-lo. Formado em direito, mas apaixonado por escrita o autor dividiu-se entre a profissão e a paixão, sua obra mais conhecida é O Guarani (1857). Seu legado conta ainda com romances, contos, crônicas, peças de teatro e até mesmo a sua própria autobiografia.

Machado de Assis

Em um país com base escravista, ironicamente o autor mais reconhecido e aclamado no exterior não é um descendente português ou holandês, mas sim um negro alforriado. Machado de Assis não só ascendeu à elite intelectual branca de um país que ainda vivia em um regime de escravidão, como também deixou um legado majestoso para todos nós: A academia Brasileira de Letras. Sua obra mais conhecida é Dom Casmurro (1899), leitura obrigatória para qualquer pessoa que queira conhecer a literatura nacional.

Monteiro Lobato

Lobato era duplamente pioneiro, pois foi um dos primeiros escritores latino-americanos a dedicar-se a literatura infantil e também foi precursor dos editores no Brasil quando os livros eram feitos somente no exterior. Sua obra de uma sutileza ímpar coloca em voga temas como a vida no campo, escravidão, tabagismo, folclore brasileiro, crianças órfãs e magia. Além do famigerado Sítio do Pica-Pau Amarelo o autor também criou contos polêmicos reunidos no romance: O Presidente Negro (1926), que merece ser lido.

Carlos Drummond de Andrade

Você com certeza já ouviu alguém citar “no meio do caminho tinha uma pedra”. Trata-se de uma das estrofes mais famosas de Drummond. Mas a sua poesia, que começou com pequenas pedras escalou montanhas, atualmente ele é considerado a maior influência para este gênero no Brasil. Seu legado de palavras simples conta como obras como A Rosa do Povo (1945).

Cecília Meireles

E depois de tantos homens, não poderíamos deixar de fora a primeira escritora brasileira a se tornar realmente famosa no meio literário. Com apenas dezoito anos Meireles iniciou na literatura com a obra Espectros (1919). Super premiada, seu vasto legado conta com mais de cinquenta obras que abrangem poemas, livros infantis, romances e textos jornalísticos.

5 escritores brasileiros contemporâneos

Mas o legado brasileiro não limita-se ao passado, muitos escritores brasileiros estão levando a nossa língua ou traduções dela partidas para muitos países. Dentro os inúmeros sucessos contemporâneos gostaríamos de destacar os escritores:

Ronaldo Correia de Brito

Se você achava que José de Alencar era incrível por mesclar duas profissões, imagine alguém que consegue ser médico, escritor e dramaturgo! Esse é Ronaldo de Correia Brito, um pernambucano que já  participou de eventos internacionais de peso como a Feira do Livro de Bogotá e o Salon du Livre de Paris. Ele também já recebeu homenagens em eventos nacionais como as edições mais recentes da Bienal Internacional do Livro.

Luis Fernando Veríssimo

Talentoso e criativo seu trabalho não poderia passar despercebido, por isso o autor é um dos poucos escritores que já recebeu dois Prêmios Jabuti. Veríssimo escreve de um jeito delicioso e cômico ações do cotidiano que muitas vezes devido a pressa deixamos de perceber. Sua obra conta com mais de sessenta títulos, que podem tornar cômico até mesmo aquele final de quinta-feira chuvosa. Se você gosta de dar boas risadas vale a pena conferir. 

Conceição Evaristo

Em um momento em que a representatividade não é mais opcional, mas sim uma obrigação que devemos a todas as gerações que foram silenciadas, Conceição Evaristo da voz as mulheres negras periféricas mineiras e hoje é um dos principais nomes da literatura afro-brasileira. Ela é sempre convidada para eventos literários importantes como a Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP). Sua obra conta com diversos contos em antologias, uma coleção de poemas e dois romances.

Raphael Montes

Quem é apaixonado por literatura policial, e gosta de obras de Agatha Christie e Sidney Sheldon  precisa conhecer o trabalho de Raphael Montes. E nós não estamos exagerando. Logo em seu primeiro livro, Suicidas (2012) o autor conseguiu ficar entre os finalistas dos prêmios Benvirá e Machado de Assis. Apenas dois anos depois ele já estava publicando o segundo romance: Dias Perfeitos (2014), que recebeu tradução em catorze países, de acordo com o crítico Agnaldo Silva, seus livros são tão bons que merecem filmes produzidos em Hollywood.

Ricardo Lísias

Classificado pela revista inglesa Granta como um dos melhores jovens escritores brasileiros Ricardo Lísias é polêmico e transgressor. Durante a ditadura certamente seria um dos primeiros a serem silenciados, mas os tempos são outros. Atualmente, a internet permite a esse brilhante escritor dar voz a todos que se sentem indignados com o estapafúrdio cenário político nacional na obra diária: Diário da catástrofe brasileira (2018-2022), que você deve ler o quanto antes, pois ele pretende deletá-la em 2023.

A relação de Ricardo com a escrita iniciou-se em 1999 com o romance Cobertor de estrelas escrito durante a sua graduação em letras. Sua trajetória conta com inúmeros prêmios dos quais podemos destacar o Prêmio São Paulo de Literatura pela obra O livro dos mandarins (2010).

Você já conhecia o trabalho desses autores? Qual a sua obra favorita dos exemplos escolhidos? Deixe aqui nos comentários.

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *